CONHEÇA A HISTÓRIA. CONHEÇA O PAÍS.

Sempre quando pensamos em viajar, buscamos sempre conhecer mais sobre cada destino: a cultura de cada país, a história, os costumes e o que há de melhor para ver. Cada lugar do mundo possui sua história, muitas vezes fascinantes, outras vezes essa história fora construída na luta e no sofrimento. Conhecer essas histórias nos fornece uma bagagem a mais, nos concede conhecimento e empatia.

Alemanha:

A Alemanha é o cenário de uma das guerras mais conhecidas e discutidas do mundo. Mas, independente de todo o horror que ocorreu no país no passado, a Alemanha é um dos países mais organizados do mundo.  Além disso, o país e sinônimo de cultura e belas paisagens. Conhecer os lugares mais importantes da Alemanha nos dá a chance de entender um pouco mais desse país que é um dos pilares da União Europeia. Nele, o visitante encontra de tudo: desde catedrais a Castelos. Para os apaixonados por música clássica, a Alemanha é o berço de dois dos maiores compositores do mundo: Bach e Beethoven. Sua capital pulsa cultura e lojas com produtos de design exclusivos. As chagas de duas guerras devastadoras e a separação entre os mundos capitalista e comunista ainda podem ser vistas por todo o país, especialmente em Dresden e Berlim, mas hoje os alemães miram o futuro sem deixar de preservar o passado. O inglês é tido como segundo idioma, o que facilita bem a vida dos turistas não versados na língua de Goethe. A Alemanha é um destino fácil e belo, seja acelerando nas pistas de uma autobahn ou navegando calmamente pelo Rio Reno.

Áustria:

Vizinha da Alemanha, a Áustria tem uma história pautada por guerras e separações. Formados por povos durante o período Neolítico, a Áustria entre os séculos VIII e IV a.C foi o palco de importantes comércios com o resto da Europa pelos celtas e ilírios. Perdendo territórios durante as Guerras Napoleônicas, e separada depois da Segunda Guerra Mundial, a Áustria foi dividida em zonas de ocupação americana, britânica, francesa e russa e foi estabelecido um único governo provisório.

Viena, a cidade mais conhecida da Áustria atrai muitos turistas que querem aproveitar a beleza do passado, que está presente até os dias de hoje na cidade, como os famosos bailes de gala. Além de ser uma das cidades mais elegantes da Europa, a cidade possui castelos, museus, igrejas, casas de ópera, bons restaurantes, além de construções luxuosas a cada esquina. Na capital, destaca-se a Ópera de Viena, o Palácio Schwarzenberg, o Parlamento Austríaco e o Bosque de Viena.

Polônia:

Um país conhecido pelo passado de guerra e por ter se estabelecido como república democrática apenas em 1989. A Polônia, que ainda é um destino pouco explorado pelos turistas, tem muito a oferecer em termos de história e cultura. Invadida pelos Nazistas em 1926, a Polônia foi partilhada em duas zonas – uma ocupada pela Alemanha e outra pela União Soviética. Durante os quatro anos de guerra, mais de seis milhões de poloneses morreram, metade deles judeus.
A capital Varsóvia sofreu com a Segunda Guerra Mundial e foi completamente destruída, mas seu centro histórico foi reconstituído nos mínimos detalhes e hoje é Patrimônio da Humanidade pela Unesco, por isso vale muito a visita. O Museu do Levante e o Castelo Real também merecem uma visita. Em Cracóvia, os destaques são a Cidade Velha, Basílica de Santa Maria, Bairro Judeu de Kazimierz, Castelo de Wawel e as Minas de Sal de Wieliczka. Entretanto, o passeio mais importante, no entanto, é doloroso e essencial: O Memorial e Museu de Auschwitz-Birkenau inclui os campos de concentração nazistas de Auschwitz I e Auschwitz II -Birkenau. É dedicado às vítimas dos tempos de intolerância da Segunda Guerra Mundial e quem passa por lá sente o impacto dos dias que a humanidade gostaria, mas não pode, esquecer.

República Tcheca:

Alguns destinos encantam por suas praias paradisíacas de águas cristalinas e areias brancas. Outros por seus parques e shoppings. Há também aqueles que fascinam por suas riquezas históricas e culturais. A República Tcheca se enquadra neste último. A República Tcheca mantém viva a lembrança de seus cidadãos notáveis como o escritor Franz Kafka e o compositor Antonín Dvořák. Nos últimos anos, a República Tcheca vem se tornando num dos principais destinos turísticos da Europa. Isso porque o custo-benefício que o país oferece aos turistas é ótimo. Outro fator é a segurança. A República Tcheca é um dos dez países mais seguros do mundo, segundo o ranking Global Peace Index. Praga, Considerada a cidade mais bonita do Leste Europeu respira história, cultura e diversão. A cidade abriga construções históricas como o Castelo de Praga, o Relógio Astronômico (Orlo), o Palácio Wallenstein com seus belos jardins (atual sede do Senado tcheco) e a ponte Carlos, construída em 1357 sobre o rio Moldava.

Sobre murilo

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser editado para cada autor do site. Essa configuração pode ser encontrado na seção usuários, no painel de administração .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *